Câmara participa de audiência pública que discute a criação da Unidade de Conservação na região da Serra da Escama

0

Evento foi realizado pela Secretaria de Meio Ambiente, e reuniu representantes de diversos segmentos da sociedade obidense. 

A Câmara Municipal de Óbidos (CMO), representada pelos vereadores Agostinho do Curumu (MDB) e Jalico Aquino (PL), participou na manhã desta quarta-feira (24), do início das discussões com a sociedade, para a criação da Unidade Municipal de Conservação e Cuidado com o Patrimônio Natural da Amazônia em Óbidos, que entre outros objetivos, vai salvaguardar o ecossistema existente na Serra da Escama e na região ao entorno de um dos principais patrimônios naturais do município.

A primeira consulta à população foi realizada pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma), na sede da Colônia de Pescadores Z-19, com a presença de autoridades políticas e representantes de diversos segmentos da sociedade obidense. 

O projeto de criação da Unidade de Conservação (UC), que vai abranger uma área correspondente a 672,81 hectares, foi apresentado ao público durante audiência pública, com todos os detalhes da proposta da futura política pública municipal de preservação da área onde estão localizadas, além da Serra da Escama, o Lago Pauxis e uma grande área de floresta intocada.

O vereador Agostinho do Curumu, que é vice-presidente da CMO e membro das comissões de Justiça, Educação, Cultura e Turismo, destacou a importância de o Poder Executivo participar da apresentação e discussão do projeto, que deverá tramitar nas comissões permanentes a câmara.

“Hoje nós temos um Poder Legislativo, sobretudo ao comando da nossa mesa diretora, atento para as necessidades do município. Não poderíamos deixar de participar dessa discussão tão importante que é a criação da unidade de conservação da Serra da Escama. Esse projeto não só vai preservar esse patrimônio, mas também vai valorizar esse patrimônio, que até hoje encontra-se ocioso. Com a criação da unidade de conservação você vai ter a possibilidade de captar recursos e fazer com que toda essa estrutura possa servir o turismo e fomentar a nossa economia também”, destacou Agostinho.

O secretário de Meio Ambiente, Diego Santos, classificou o momento como histórico é de extrema importância para Óbidos.

“Essa unidade de conservação será de forma integral, visando principalmente manter a visitação dessa área de forma sustentável, para que as pessoas possam interagir com o ambiente, seguindo regras, regras essas que serão geridas pela Secretaria de Meio Ambiente que será a administradora desse bem. Por isso a importância desse momento com a participação da população para que conheçam esse projeto e participem da construção do plano que vai garantir a efetivação dessa unidade”, explicou Diego.

Vereadores Agostinho do Curumu e Jalico Aquino, acompanharam o prefeito Jaime Silva durante a cerimônia de abertura da audiência pública.

A próxima etapa para a criação da primeira UC do município, será condensar todas as informações e propostas repassadas durante a audiência pública, para encaminhar para CMO, que deverá analisar a pauta por meio das comissões permanentes, e após votação, o projeto seguirá para o Ministério do Meio Ambiente e Mudança do Clima, que deverá se manifestar pela criação ou não da unidade.

O patrimônio

A Serra da Escama consiste em uma elevação com aproximadamente 70 metros de altura acima do nível do Rio Amazonas, as proximidades do porto de Óbidos, as margens do Lago Pauxis, possuindo uma superfície 26.825,5 quilômetros quadrados.

Em 1906 foram instalados canhões no topo da serra para defender a Amazônia, devido a localização estratégica, às margens da parte mais estreita e profunda do Rio Amazonas, por onde, na época, passavam todas as embarcações, muitas delas usadas para a atividade de contrabando e ataque dos inimigos da “Coroa Portuguesa”.

Área onde está localizada a Serra da Escama e o Lago Pauxis, será transformada em Unidade de Conservação Municipal. Foto: divulgação/ASCOM-PMO

Por:
Érique Figueirêdo – Depcom/CMO
Fotos:
Patrik Amaral -Depcom/CMO

Compartilhar:

Os comentários estão fechados.

Acessibilidade